google-site-verification: google017bb71d9a9a4749.html

quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Cineasta Arthur Penn

video

video

o cinema ficou mais pobre hoje com a morte de Arthur Penn 27/09/22 - 28/09/2010 quem não se lembra de "Bonnie and Clyde" 1967 ? se voce não viu corra e veja e nem pense em dizer que nunca tinha visto. diga que esta revendo. é uma obra prima baseada na vida dos assaltantes e assassinos do título do filme. O filme quebrou diversos tabus e foi um campeão de bilheteria e crítica, muito popular entre a geração jovem dos anos 60. influenciado pela nouvelle vague francesa, o filme é famoso tanto por sua montagem acelerada quanto por suas rápidas mudanças do tom da narrativa, passando rapidamente do humor para a violência mais exacerbada. o filme transformou Warren Beaty, que faz o papel principal, num dos mais ricos produtores de hollywood. na verdade milionário com a taxa de 40% sobre os lucros do filme que recebeu. isso não era a prache na época. o produtor recebia um salário. o filme lançou ao estrelato Faye Dunaway e Gene Hackman, deu o Oscar de melhor atriz coadjuvante a Estelle Parsons e o de melhor fotografia a Burnett Guffey entre as dez indicações que recebeu, cinco delas para atores (Beatty e Dunaway na categoria principal e Hackman, Parsons e Michael J. Pollard como coadjuvantes). Gene Wilder com seu tradicional aspecto nervoso teve uma pequena participação neste que foi seu primeiro filme. considerado na lista do American Film Institute o 27º entre os maiores 100 filmes de todos os tempos foi selecionada para preservação histórica. o Instituto coloca também a frase "Nós roubamos bancos" , em 41º na lista das melhores frases do cinema, como curiosidade a numero um é dita por Clark Gable para Vivien Leigh em "E o Vento Levou" "Sinceramente querida eu não dou a mínima". Arthur dirigiu entre outros "O Milagre de Anne   Sullivan" 1962, "Mickey One" 1965 com Warren Beaty e Elizabeth Taylor, "Caçada Humana" 1966 com Marlon Brando, "Deixe-nos Viver" 1969, "O Pequeno Grande Homem" 1970 com Dustin Hoffman e Faye Dunaway, eu vi todos esses aí. privilégio conhecer esse grande diretor. mas ainda tenho n´tida na minha memória a cena final do assassinato dos dois. é inesquecível. eu fiquei na dúvida se colocava o clip do final ou não. pelo sim pelo não optei pelo sim. como eu sei que todos voces viram o filme não estou estragando o prazer de ninguém não é não?  se não viram, o que eu du - vi - de - o - do vão ficar com mais vontade de ver. vale cada minuto.
,

Nenhum comentário:

A sence